Veículos independentes formam parceria para monitorar violência doméstica durante a pandemia

Veículos independentes formam parceria para monitorar violência doméstica durante a pandemia

Ilustração: Hadna Abreu (Amazônia Real)

Amazônia Real, Agência Eco Nordeste, #Colabora, Portal Catarinas e Ponte Jornalismo formaram uma parceria colaborativa para monitorar a violência doméstica durante a pandemia de coronavírus, com o objetivo de visibilizar esse “fenômeno silencioso”. Os veículos criaram o projeto Um vírus e duas guerras, que trará ao longo de 2020 diversas reportagens e dados sobre feminicídio durante o isolamento social.

A iniciativa fará um levantamento quadrimestral sobre violência doméstica. Os primeiros dados, obtidos entre março e abril deste ano, apontaram um aumento de 5% nos casos de feminicídio no País, em comparação ao mesmo período de 2019. Nestes dois meses, 195 mulheres foram assassinadas, contra 186 no mesmo período de 2019.

A pesquisa usou dados das secretarias de segurança pública de 20 estados brasileiros. Entre eles, nove registraram juntos um aumento de 54% nos casos de feminicídio. A média observada foi de 0,21 feminicídios a cada 100 mil mulheres. A taxa ficou acima da média em 11 estados.

Leia a reportagem da Agência Eco Nordeste sobre a iniciativa na íntegra.



Fonte: Portal dos Jornalistas

Deixe uma resposta