O coronavírus e os veículos de comunicação – XXII

O coronavírus e os veículos de comunicação – XXII

Pesquisa com jornalistas da AL destaca resiliência diante da pandemia

De acordo com nova pesquisa realizada pela agência de Relações Públicas LatAm Intersect PR, que atua em toda a América Latina, mais da metade dos jornalistas latino-americanos (52%)conseguiu continuar trabalhando “sem interrupção” durante a pandemia do Covid-19, enquanto 60% dizem que em suas redações ninguém foi despedido e 37%adaptaram com sucesso seus modelos de negócios às novas realidades comerciais.

O estudo também revela uma evolução na maneira pela qual os jornalistas estão produzindo e verificando conteúdo: 22% estão rastreando e recolhendo citações diretamente dos feeds de mídias sociais dos porta-vozes, enquanto uma proporção semelhante publica respostas e comentários enviados por suas fontes em tempo real. Quase metade (47%)está publicando entrevistas de vídeo ou áudio pré-gravadas enviadas por organizações que desejam contribuir com uma história e 51%estão usando aplicativos de bate-papo para obter e citar conteúdo de fontes.

A pesquisa ainda traz dados sobre o ânimo dos profissionais em relação às perspectivas futuras da profissão: 72% permanecem “otimistas” ou “muito otimistas” e a mudança de canais para publicação de seus trabalhos também é uma novidade − 71% dos jornalistas aumentaram sua presença nas mídias sociais dos veículos nos quais trabalham e quase metade (48%) estão utilizando suas próprias redes sociais para publicar e promover seus artigos e reportagens.

A pesquisa da LatAm Intersect foi realizada com 293 jornalistas (atualmente trabalhando), com questionário por e-mail, entre 10 e 15 de julho passado, de um coletivo de leitores de mais de 170 milhõesde Brasil, México, Colômbia, Peru, Chile, Argentina e Costa Rica, e projetada para rastrear a resiliência e a evolução do setor durante este período de pandemia. Com o resultado obtido é possível mensurar alguns indicadores que se diferenciam entre os países.

De acordo com Claudia Daré, sócia-fundadora da agência, a pesquisa revela mudanças definitivas nas práticas de trabalho e nos modelos de negócios que as organizações que se envolvem com a mídia na região devem levar em consideração para desenvolver suas estratégias de comunicação. Saiba+.

Observatório da Ética Jornalística lança guia gratuito sobre a cobertura da pandemia

O Observatório da Ética Jornalística (objETHOS) lança o Guia de Cobertura Ética da Covid-19, que visa a fazer com que profissionais de imprensa atentem para determinados tópicos enquanto cobrem a pandemia de coronavírus, como abordagem e respeito com as fontes, com o público e com os próprios jornalistas, além do cuidado com as informações que recebem e publicam.

Rogério Christofoletti, um dos coordenadores do objETHOS, explicou que o guia surgiu quando eles constataram que “havia pouquíssimas referências do tipo em língua portuguesa, e nenhum guia específico com aspectos éticos. Esperamos contribuir com os colegas jornalistas com mais este material de orientação”. A obra é uma iniciativa do departamento e do programa de pós-graduação em jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina.

Dividido em quatro seções, o guia é gratuito e digital, com o objetivo de estar sempre à mão dos jornalistas, acessível via celular para facilitar a consulta. A obra contém também links que direcionam o leitor para outros manuais e referências sobre a cobertura da pandemia e ética do jornalismo.

Baixe o guia gratuitamente aqui.

E mais…

Tommaso Protti, fotógrafo italiano radicado em São Paulo, foi um dos premiados do Reportage Grant, da Getty Images. O projeto dele, que documenta a disseminação da Covid-19 em São Paulo e em Manaus, os dois epicentros da pandemia no Brasil, e que observa como a doença afeta as comunidades mais pobres e vulneráveis das duas cidades, receberá um aporte de U$ 5 mil.

A Aberje promove em 17/8, às 17h, mais uma edição de seu encontro online Comunicação corporativa no pós-pandemia. Desta vez, vai discutir Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e Relacionamento com a Sociedade, com base no pressuposto de que o momento é desafiador e ao mesmo tempo abre portas para muitas oportunidades, em especial na busca pelo fortalecimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. O evento será na plataforma digital da Aberje no Zoom, com inscrição gratuita prévia e acesso preferencial para associados da entidade. As vagas são limitadas à capacidade da sala online e a programação está sujeita a alteração.

A agência RS Press informa ter feito uma série de movimentos para ressaltar seu posicionamento na área da saúde, principalmente considerando o momento atual. Ela atende a nove sociedades de especialidade médica e afirma que, em função disso, está em contato com aproximadamente 20% dos médicos com algum título de especialista no Brasil. Mais informações com Rodrigo Moraes (11-996-288-188 e [email protected]).



Fonte: Portal dos Jornalistas

Deixe uma resposta