Morre Francisco Gracioso, da ESPM, aos 90 anos

Morre Francisco Gracioso, da ESPM, aos 90 anos

Francisco Gracioso

Morreu em 10/9 em São Paulo Francisco Gracioso, ex-presidente da ESPM, aos 90 anos. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein por causa de um acidente doméstico, e teve complicações no quadro de saúde. Com mais de 40 anos em cargos de liderança, ele comandou a ESPM por 26 anos.

Nascido em São Paulo, formou-se na Escola de Propaganda do Museu de Arte de São Paulo. Posteriormente, José Kfouri, chefe de Redação da J. Walter Thompson na época, convidou-o para trabalhar na agência como redator. Atuou por muito tempo na McCann Erickson em São Paulo nos cargos de chefe de Redação, atendimento e conquista de contas, e Gerência-Geral.

Fundou a agência Tempo, que foi vendida para a FCB alguns anos depois. Foi eleito presidente do Conselho da ESPM e depois assumiu a Presidência da escola.

Em nota, a ESPM escreveu que Gracioso foi “um dos maiores responsáveis pelo reconhecimento conquistado pela instituição e pelo orgulho que dela sentem alunos, professores e colaboradores. Seu legado permanece como inspiração para todos nós”.

Com informações do Meio&Mensagem.



Fonte: Portal dos Jornalistas

Deixe uma resposta