Fenaj repudia registro profissional precário na MP 905/19

Fenaj repudia registro profissional precário na MP 905/19

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) repudiou a aprovação da Medida Provisória 905/19 pela Câmara dos Deputados, que ela considera “atacar ainda mais os trabalhadores, em benefício da classe empresarial”.

No que se refere aos jornalistas, embora o texto garanta o
registro profissional, destaca que ele será emitido “preferencialmente” por
sindicatos e entidades da classe, mas que poderá também ser feito pelo
Ministério da Economia mediante uma simples “autodeclaração”.

Em nota, a Fenaj declarou que uma simples autodeclaração “não
garante efetivamente uma exigência mínima para o exercício da profissão. (…)
O registro profissional é importante para garantir a regulamentação da
profissão, direitos da categoria e, principalmente, a qualidade do Jornalismo”.

Confira
a nota na íntegra
.



Fonte: Portal dos Jornalistas

Deixe uma resposta