Banco de Talentos Negros visa a aumentar a diversidade nas redações

Banco de Talentos Negros visa a aumentar a diversidade nas redações

A repórter do UOL Beatriz Sanz é a idealizadora do Banco de Talentos Negros, projeto que disponibiliza currículos de profissionais negros para vagas em comunicação, aumentando as chances de inserção no mercado. Diferentemente de uma agência de empregos, o banco visa a aumentar a diversidade nas redações. Beatriz integra a Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira) do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, entidade parceira do projeto.

Segundo dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), apenas cerca de 22% dos jornalistas com postos formais são negros (dados de 2015). E em São Paulo os números são ainda menores: menos de 15% dos jornalistas com carteira assinada são negros. 

A iniciativa foi inspirada em um projeto desenvolvido pela publicitária Angel Pinheiro na agência onde trabalha, também para contratação de profissionais negros. Ruam Oliveira é o jornalista que se dedica, voluntariamente, a organizar os currículos.

O acesso ao banco, disponível na plataforma Google Drive, é gratuito para candidatos e empregadores. Currículos de 11 estados mais Distrito Federal já estão cadastrados.

Com informações do Sindicato dos Jornalistas de SP.



Fonte: Portal dos Jornalistas

Deixe uma resposta